20 de out de 2012

Palestra sobre "O Horizonte Bíblico da Esperança"

Pessoal,

Há algumas semanas falei no evento "Café Teológico", cujo tema foi "O Apocalipse e a Esperança Cristã", na Igreja Presbiteriana Tanque de Betesda. Minha palestra foi sobre o tema "O Horizonte Bíblico da Esperança".  O evento foi filmado, então, para aqueles que não puderam ir, eis aqui o video da minha fala. O audio está um pouco ruim no começou mas logo melhora. Se quiser assistir o restante do evento é só entrar, através do video abaixo, no playlist no Youtube, onde tem as outras palestras.



Soli Deo Gloria

14 de out de 2012

Mediocridade Liberal

Muitos criticam a música cristã pesada, e, inclusive, consideram que seja impossível conciliar cristianismo e música extrema (sim, em pleno século XXI ainda há muitos assim...). No entanto, é nessas bandas que, muitas vezes, encontro letras honestas e realistas. Esse é apenas um exemplo, Liberal Mediocrity, da banda Mortification, que fala a respeito da teologia liberal. Não vou aqui explicar o que é (pelo menos agora não), mas se quiser saber mais, leia aqui e aqui. Mas, muito resumidamente, é uma crítica à Bíblia, colocando em dúvida, principalmente, as narrativas miraculosas como a concepção virginal e a ressurreição que são considerados mitos.    
 
Mortification é uma das bandas mais antigas e mais conhecidas de metal extremo cristão. Os meus primeiros CDs de metal foram deles (eu tinha uns 14 anos). Se quiser saber mais sobre a banda Mortification, leia aqui o que um site não-cristão diz a respeito deles: http://whiplash.net/materias/biografias/038444-mortification.html

E aqui uam biografia mais completa, com discografia e tudo, que parece ter sido escrita por um crente: http://www.webletras.com.br/biografia/mortification

Sobre a música em si, talvez assuste um pouco os ouvidos desacostumados com o estilo, mas a letra em português está embaixo do video, ou seja, você não precisa assistir tudo para saber do que se trata.




Mediocridade Liberal 


Mediocridade Liberal 
Dividir a Palavra é uma desgraça.
Politicamente Corretos
Agradam aos ouvidos e matam a fé.

Manejar bem a Palavra da Verdade,
Útil para a doutrina e a repreensão,
Manejar bem a Palavra da Verdade,
compreender a Escritura e o seu uso

Mediocridade Liberal
contaminado pelo modernismo do mundo.
Politicamente Corretos
A mente aberta é envenenada.

Lê-la, vivê-la.
O Senhor está vindo para uma igreja imaculada.
Arrependido, perdoado.
Não é enganado pelas palavras do homem.





1 de ago de 2012

Charles Colson fala a respeito de Abraham Kuyper



Deparei-me com esse video pela net, no qual Charles Colson, fundador do ministério Prison Fellowship, e autor de livros como E Agora? Como Viveremos? (junto com Nancy Pearcey) e A Fé em Tempos Pós Modernos ( junto com Harold Fickett), além de muitos outros, fala a respeito da influência  de Abraham Kuyper na sua vida e obra (se você não o conheça, leia uma pequena biografia dele aqui).
A obra citada teve o título mudado, no português, para Calvinismo, e foi publicado pela Editora Cultura Cristã. É um dicursso fantástico do teólogo holandês sobre a soberania de Cristo sobre toda a vida, e como isso se aplica em áreas como ciência, arte e política.
Infelizmente também há uma triste verdade  no video: muitos holandeses se esqueceram desse grande homem  com o passar do tempo... Hoje, alguns se lembram, vagamente, de que ele foi primeiro ministro da Holanda, outros nem isso, mas não conheço quase ninguém, na Holanda, que o conhece além disso.
Graças a Deus, Ele tem levantado autores influentes que trabalham na popularização das idéias de Kuyper, e, portanto, tenho esperança que seus livros voltem a ser influentes na Holanda, mas hoje ele é mais um exemplo de autores que são mais conhecidos fora de seu país do que dentro...

15 de jul de 2012

Disney, Dali e a cultura contemporânea

Estamos vivendo uma nova época na história da humanidade. Talvez a cena de abertura do filme "O Senhor dos Anéis" diga isso muito  melhor do que eu: "O mundo mudou... Sinto-a na água. Sinto-a na terra. Cheiro-a no ar. Muito do que um dia foi, se perdeu, pois não há ninguém vivo que se lembre."

Claro, ainda há muitas discussões quanto à terminologia correta a ser usada para descrever esse novo período em que vivemos. Termos como hiper-modernismo ou modernidade tardia talvez sejam melhores para descrever a situação atual do que o mais conhecido pós-modernismo, mas esse não é o ponto que quero abordar aqui (e nem me sinto qualificado para fazê-lo).

Quando olhamos para a história recente vemos que essa mudança já vem se desenhando há algum tempo. Nos anos 60 homens como Francis Schaeffer já a denunciaram, mas características já começam a ser encontrados em meados do século XX, em homens como  Derrida e Foucault e o desconstrucionismo hermenêutico. Nas artes isso também é, e foi, muito evidente: no teatro pode-se lembrar de Samuel Beckett e o teatro do absurdo, na música, compositores como Debussy e Cage fizeram músicas muito diferentes (para não dizer bizarras), no cinema pode-se falar de diretores com Antonioni e Bergman, e na pintura lembramos, por exemplo,  de Pablo Picasso e Salvador Dalí.

Lentamente o mundo foi se acostumando aos valores dessa nova era, através dos filmes, pinturas, músicas e de tudo que aconteceu desde então.

Eu desconhecia, no entanto, a influência de Dali no cinema infantil, mais especificamente, naquele com o qual todos nós crescemos: Walt Disney. Por algum tempo houve uma grande amizade e  parceria entre Disney e Dali que, inclusive, trabalharam juntos em alguns projetos. Houve, entretanto, uma desavença entre os dois e os projetos foram engavetados. A coisa parece ter sido feia pois o nome de Dali foi, inclusive, tirado dos créditos de um dos filmes que, mais tarde, foi lançado e no qual  ele teve grande participação: Alice no País das Maravilhas (como eu nunca tinha notado isso???).

Houve outro projeto que ficou engavetado por longos anos, até que, em 2003 o sobrinho de Walt, Roy Disney, descobriu-o e decidiu levar o projeto a frente com uma nova gravação da música tema "Destino" na voz da espanhola Dora Luz (a original era do mexicano Armando Dominguez). Além disso, teve a  ajuda da viúva de Dali, do artista original que trabalhou no projeto junto de Dali, John Hench, e muitos outros. É um video com muita, mas muita, influência de Salvador Dali.

O video conta a história de amor de Chronos, deus grego que é a personificação do tempo, e uma mulher mortal, ou seja, um amor impossível daqueles, muito comum na mitologia grega. O resultado tem a conhecida qualidade Disney e o surrealismo total de Dali. O filme foi premiado como melhor curta em diversos festivais. Assista:
 


Achei interessante ver essa influência, pois sempre discutimos esses conceitos em filmes muito "adultos" e muitas vezes esquecemos de ver os valores que estão inseridos nos filmes que as crianças assistem. Não, não sou do tipo que vai te dizer que filmes da Disney são terríveis e não deveriam ser assistidos. Eu os assisti por toda a infância e acho que me saí razoávelmente bem (tá, reconheço meu problemas, mas não foram causados pela Disney). Além disso, na verdade, Alice no Pais das Maravilhas está entre os meus filmes favoritos da Disney (atrás do Rei Leão, esse sim marcou a minha infância, devo ter visto mais de 100 vezes), exatamente por causa das bizarrices que, descobri agora, são frutos, então, do envolvimento de Dali. E devo dizer que achei o "Destino" um filme muito interessante também.

Na verdade, escrevo esse texto sem realmente saber onde vou. Não tenho uma conclusão fantástica, uma lição de moral ou uma carta na manga para terminar. Comecei a escrever ao ver o vídeo "Destino" e juntei com algumas idéias e informações que já tinha em mente, meio como alerta, meio a nível de curiosidade, meio por paixão cinéfila, meio por costume schaefferiano de analisar os produtos culturais...  

Talvez esse último seja o meu ponto aqui. Vamos olhar ao nosso redor, buscar entender a nossa cultura para podermos apresentar a resposta cristã de forma real e relevante na nossa época, onde esses são os valores das pessoas que encontramos na rua, nos estudos e no trabalho... Se vamos fazer o que tanto falamos, ou citamos, "não nos conformar com esse século" (ou essa era, aeion em grego), precisamos saber qual é a nossa era...


Algumas informações a mais sobre a parceria entre Disney e Dali:

http://semioticas1.blogspot.com.br/2012/07/alice-volta-ao-futuro.html
http://www.getro.com.br/2011/11/destino/



13 de jul de 2012

13 de Julho - Dia Internacional do Rock




Hoje é o dia internacional do Rock, certamente um dos estilos musicais mais controversos da história. Pouco compreendido, especialmente pelos crentes, o estilo se desenvolveu desde os anos de 1950, com Chuck Berry, Little Richard e o rebolado do rei Elvis Presley até hoje, quando essa árvore, que tem raízes no blues, jazz e country, além da música erudita, se desenvolveu em tantas ramificações diversificadas que se tornaram quase árvores independentes.

Dia 13 de julho se tornou o dia internacional (ou mundial) do Rock, pois foi nesse dia que aconteceu o  Live Aid 1985, em que muitos grandes astros do Rock se juntaram para fazerem a sua música em prol dos  famintos na Etiopia. Dois gigantescos shows aconteceram ao mesmo tempo. Um na Filadélfia, EUA, e outro no estádio Wembley na  Inglaterra, além de eventos menores em Sidney, Moscou e no Japão. Aproximadamente 200 mil pessoas assistiram aos shows nos diversos locais, além de mais 1.5 bilhão de pessoas que assistiram pela televisão em mais de 100 países.
É interessante que os artistas se esforçaram tanto nas apresentações que a apresentação do Queen foi eleita a melhor apresentação ao vivo de uma banda já realizada. Outro momento que marcou a história foi quando a corda do violão de Dylan arrebentou e outro guitarrista lhe emprestou a dele, ficando no palco tocando o famoso Air Guitar.
Alguns famosos que participaram dos shows, que, alias, arrecadaram mais de 150 milhões de libras, foram: Queen, Phil Collins, Sting, U2, Dire Straits, David Bowie, The Who, Elton John, Paul McCartney, Joan Baez, B.B. King, Black Sabbath, Mick Jagger, Judas Priest, Madonna, Eric Clapton, Led Zeppelin, Bob Dylan e muitos (mas muitos) outros.
Os shows foram encerrados com as apresentações das músicas anti-fome oficiais: Do they know its Christmas? e We are the World

    


Ainda hoje, no entanto, sofre de grandes preconceitos no meio evangélico, especialmente por não compreendermos o que o KISS entendeu no video acima: Deus nos deu o rock. A idéia de que o diabo é o pai do Rock (ou de qualquer coisa) não encontra qualquer base bíblica (na verdade, muitas vezes, os crentes estão citando o Raúl Seixas, sem saberem, dizendo que o diabo é o pai do rock...). A Bíblia diz que Deus criou todas as coisas e viu que era bom. Assim, não há nada que seja intrinsecamente mal. O que acontece com a Queda é que todas as coisas foram pervertidas pelo pecado. Assim, não apenas o Rock, mas todos os estilos musicais estão caidos e precisam ser redimidos na grande redenção de "todas as coisas" (Col. 1.20).
Devemos, portanto, mudar a nossa forma de pensar a respeito do rock. Mudar o artista que citamos inconscientemente, para o Zeca Baleiro, dizendo: "Todo mundo vai pirar com o Heavy Metal do Senhor!" Como? Em primeiro lugar, entendendo que o rock não é um ritmo maligno e segundo, produzindo música de qualidade, tanto musical como nas letras. E, como o Petra no video abaixo, aprender a dialogar com a incrível quantidade de coisa boa que tem por ai.  

13 de mai de 2012

Heresias do Facebook 2

Quando escrevi o primeiro texto a respeito de publicações de conteúdo teologicamente questionável (para dizer o mínimo...) no Facebook, não imaginava a repercussão que teria. Parece que muitos percebem esse fato nas redes sociais e entendem a necessidade de se responder a partir da perspectiva bíblica. Assim, continuarei a postar algumas coisas a respeito, não para humilhar ou zombar, mas para lembrar-nos de ter uma atitude crítica quanto ao que colocamos e/ou compartilhamos no Facebook (e tantas outras redes). 



É interessante que as "heresias do Facebook" muitas vezes são bem sutis. As vezes tem umas heresias bem explícitas, mas a maior parte vem disfarçado como muito espiritual. Veja o exemplo de cima por exemplo. Parece muito correto e verdadeiro, e tem uma parcela de verdade. Veja por exemplo esse versículo em que Jesus fala aos seus discípulos: "Se vós fósseis do mundo, o mundo amaria o que era seu, mas porque não sois
do mundo, antes eu vos escolhi do mundo, por isso é que o mundo vos odeia." João 15:19  

Mas voltemos a frase "facebookiana". "A conversão tira o cristão do mundo." Será? Até onde eu me lembre  Jesus disse: 

"E eu já não estou mais no mundo, mas eles estão no mundo, e eu vou para ti. Pai santo, guarda em teu nome aqueles que me deste, para que sejam um, assim como nós." João 17:11

"Dei-lhes a tua palavra, e o mundo os odiou, porque não são do mundo, assim como eu não sou do mundo. Não peço que os tires do mundo, mas que os livres do mal. Não são do mundo, como eu do mundo não sou." João 17:14-16


"Assim como tu me enviaste ao mundo, também eu os enviei ao mundo.João 17:18


Assim, mesmo que há uma certa verdade no fato de que a conversão nos tira no mundo, se entendermos mundo como o sistema pecaminoso no qual o mundo se encontra. Mas de forma alguma significa que não façamos mais parte do mundo enquanto criação de Deus, onde devemos realizar a obra Dele. Infelizmente esse tipo de frase encoraja o evangelho escapista que temos visto nas igrejas, onde pessoas se convertem e, a partir daí, se escondem do mundo dentro das quatro paredes da igreja... 


Vejamos mais uma citação de Jesus: "E disse-lhes: Ide por todo o mundo, pregai o evangelho a toda criatura." Marcos 16:15


Por isso entendemos que a conversão, num sentido muito real, não só não tira o cristão do mundo, como aumenta a responsabilidade dele quanto ao mesmo. O dever do cristão quanto ao mundo aumenta a partir do momento em que conhece a Cristo. De acordo com Paulo somos Emabixadores aqui na terra, no mundo: "E tudo isto provém de Deus, que nos reconciliou consigo mesmo por Jesus Cristo, e nos deu o ministério da reconciliação; Isto é, Deus estava em Cristo reconciliando consigo o mundo, não lhes imputando os seus pecados; e pôs em nós a palavra da reconciliação. De sorte que somos embaixadores da parte de Cristo, como se Deus por nós rogasse. Rogamo-vos, pois, da parte de Cristo, que vos reconcilieis com Deus2 Coríntios 5:18-20 


Só mais alguns versículos para esclarecer o perigo da frase citada. 
"Porque Deus amou o mundo de tal maneira que deu o seu Filho unigênito, para que todo aquele que nele crê não pereça, mas tenha a vida eterna. Porque Deus enviou o seu Filho ao mundo, não para que condenasse o mundo, mas para que o mundo fosse salvo por ele.João 3:16-17


"E que, havendo por ele feito a paz pelo sangue da sua cruz, por meio dele reconciliasse consigo mesmo todas as coisas, tanto as que estão na terra, como as que estão nos céus." Colossenses 1:20


Vamos cuidar com esse tipo de frases, porque podem dar uma impressão completamente errada do nosso papel enquanto cristãos hoje. 


Mas nesse post quero ainda tratar de outra imagem que tenho visto pelo Facebook esses dias:
Mais uma frase complicada, que traz, implícita, uma idéia muito perigosa e herética, que é a idéia de que esse mundo vai de mal a pior mesmo, e nós devemos nos preocupar com o céu. Mas será que isso é verdade? Será que o mundo é dos espertos? Isso é bíblico?

"Do SENHOR é a terra e a sua plenitude, o mundo e aqueles que nele habitam." Salmos 24:1
"Porque a terra é do Senhor e toda a sua plenitude." 1 Coríntios 10:26 

Não, a Bíblia não ensina que o mundo é dos espertos, mas que o mundo é de Deus, o Criador e Sustentador de todas as coisas (Col. 1:15-20)

E o céu é para os que obedecem a Deus? Bom, isso é  um estudo longo e complexo e o espaço aqui não é suficiente para fazê-lo, mas darei alguns versículos para pensarmos:

"Porque os malfeitores serão desarraigados; mas aqueles que esperam no SENHOR herdarão a terra." Salmos 37:9

"Mas os mansos herdarão a terra, e se deleitarão na abundância de paz." Salmos 37:11

"Os justos herdarão a terra e habitarão nela para sempre." Salmos 37:29

"Bem-aventurados os mansos, porque eles herdarão a terra." Mateus 5:5

"E vi um novo céu, e uma nova terra. Porque já o primeiro céu e a primeira terra passaram, e o mar já não existe. E eu, João, vi a santa cidade, a nova Jerusalém, que de Deus descia do céu, adereçada como uma esposa ataviada para o seu marido." Apocalipse 21:1-2

Não seja tão precoce em descartar o mundo, e tudo que nele há, pois a Bíblia nos dá muitos versículos importantes que nos enchem de esperança para a belissíma criação de Deus (se quiser aprender mais a respeito dessa idéia recomendo a leitura do livro Surpreendido pela Esperança de N.T. Wright) . E acima de tudo, cuide com as verdades absolutas do Facebook, pois são frases que são muito bem intencionadas mas, muitas vezes, extremamente mal colocadas e até heréticas. 



11 de mai de 2012

Heresias do Facebook 1

Uma coisa que me perturba é a quantidade de heresias e bobagens que as pessoas compartilham no Facebook. Muita gente acha a mensagem de alguma foto bonitinha e sai logo compartilhando, sem ao menos pensar se aquela frase de efeito é bíblica. Claro que não dá para tratar de todas as coisas que as pessoas jogam na famosa rede social, mas, de vez em quando, vejo algumas coisas que me chocam e, quando tiver algum tempo, vou tratar um pouco dessas que chamarei de Heresias do Facebook.
Atenção! A idéia da seção não é ridicularizar ninguém, mas nos alertar da necessidade de senso crítico quanto ao que publicamos. Não é porque uma frase é bonita ela seja também bíblica. 
A primeira, que na verdade está me motivando a começar essa sessão no blog, apesar de já ter pensado nisso por algum tempo, foi essa imagem:



Com o crescimento da teologia da prosperidade, no mundo e no Brasil, esse tipo de pensamento se tornou muito comum. Soa muito bonito, muito atrativo, mas tem um sério problema: não é bíblico. (Sei que também tem um sério problema teológico no que pessoas chamam de promessas, mas isso ficará para uma próxima já que o espaço aqui é limitado).

Vamos dar uma olhada em alguns textos bíblicos:

Acho que o texto mais básico é o de Hebreus 11

"E outros experimentaram escárnios e açoites, e até cadeias e prisões. Foram apedrejados, serrados, tentados, mortos ao fio da espada; andaram vestidos de peles de ovelhas e de cabras, desamparados, aflitos e maltratados (Dos quais o mundo não era digno), errantes pelos desertos, e montes, e pelas covas e cavernas da terra.E todos estes, tendo tido testemunho pela fé, não alcançaram a promessa, Provendo Deus alguma coisa melhor a nosso respeito, para que eles sem nós não fossem aperfeiçoados."  Hebreus 11:36-40

Mas tem diversos outros. 

Na saída do Éden, Deus promete que o descendente da  mulher feriria a cabeça da serpente, mas nem Adão nem Eva viram isso se cumprir

Abraão recebeu a promessa de Deus de que dele viria um povo que seria grande na terra que Deus lhe deu, mas ele mesmo, não viu nada disso. 

Moisés recebeu a promessa de levar o povo para a terra prometida, mas ele nunca entrou na mesma:

"Depois falou o SENHOR a Moisés, naquele mesmo dia, dizendo: Sobe ao monte de Abarim, ao monte Nebo, que está na terra de Moabe, defronte de Jericó, e vê a terra de Canaã, que darei aos filhos de Israel por possessão. E morre no monte ao qual subirás; e recolhe-te ao teu povo, como Arão teu irmão morreu no monte Hor, e se recolheu ao seu povo. Porquanto transgredistes contra mim no meio dos filhos de Israel, às águas de Meribá de Cades, no deserto de Zim; pois não me santificastes no meio dos filhos de Israel.Pelo que verás a terra diante de ti, porém não entrarás nela, na terra que darei aos filhos de Israel
Deuteronômio 32:48-52

Davi teve a visão para a construção de um templo para o Senhor, mas não pôde construí-lo

"Então chamou a Salomão seu filho, e lhe ordenou que edificasse uma casa ao SENHOR Deus de Israel. E disse Davi a Salomão: Filho meu, quanto a mim, tive em meu coração o propósito de edificar uma casa ao nome do SENHOR meu Deus. Porém, veio a mim a palavra do SENHOR, dizendo: Tu derramaste sangue em abundância, e fizeste grandes guerras; não edificarás casa ao meu nome; porquanto muito sangue tens derramado na terra, perante mim." 
1 Crônicas 22:6-8

Isaías tem maravilhosos capítulos sobre a volta de Israel do cativeiro babilônico, mas ele não o viu.

Jeremias também não viu o cumprimento das promessas que recebeu, lembre-se, por exemplo, do capítulo 29 de seu livro, um texto muito famoso. 

E assim poderia continuar com uma lista quase eterna de nomes bíblicos que receberam promessas mas que eles não viram se cumprir...

Eu não estou dizendo, entenda-me bem, que não possamos ver o cumprimento de promessas. O próprio texto de Hebreus fala que alguns alcançaram promessas:

"E que mais direi? Faltar-me-ia o tempo contando de Gideão, e de Baraque, e de Sansão, e de Jefté, e de Davi, e de Samuel e dos profetas, os quais pela fé venceram reinos, praticaram a justiça, alcançaram promessas, fecharam as bocas dos leões, Apagaram a força do fogo, escaparam do fio da espada, da fraqueza tiraram forças, na batalha se esforçaram, puseram em fuga os exércitos dos estranhos." 
Hebreus 11:32-34 

Precisamos aprender o que a Bíblia realmente ensina antes de compartilharmos frases de efeito pois muitas destas não refletem em absolutamente nada a Verdade Bíblica.  




7 de mai de 2012

Video Dooyeweerd - Video 4 - Crítica a Kant

Atenção: Se você ainda não assistiu aos primeiros videos, assista o aqui, aqui e aqui



Estou trabalhando para legendar alguns videos do Herman Dooyeweerd em português para que assim mais pessoas possam ouvir esse filósofo holandês falando. Os videos foram encontrados aqui. É uma entrevista do Dooyeweerd quando ele completou 80 anos, ou seja, em 1974, mas não tem maiores descrições sobre o entrevistador. Nessa segunda parte ele fala da idéia do coração como centro religioso do ser humano, mais uma vez sob a influência do Kuyper e o livro que este escreveu com meditações sobre o dia de pentecostes. lembrando que essas são entrevistas para a televisão, e Dooyeweerd falou em linguagem bem acessível, para a compreensão do povo, tentei manter essa idéia na legenda.

Se você não sabe quem foi Herman Dooyeweerd, olhe aqui (em inglês):http://www.allofliferedeemed.co.uk/dooyeweerd.htm

Em português:
http://www.freewebs.com/guilhermecarvalho/hermandooyeweerd.htm

PS. De acordo com o site da filosofia reformacional estes videos são para download, eu só criei a legenda para facilitar o acesso àqueles que não falam o holandês.

20 de mar de 2012

Video Dooyeweerd - Video 3 - O centro religioso

Atenção: Se você ainda não assistiu aos primeiros videos, assista o aqui e aqui




Estou trabalhando para legendar alguns videos do Herman Dooyeweerd em português para que assim mais pessoas possam ouvir esse filósofo holandês falando. Os videos foram encontrados aqui. É uma entrevista do Dooyeweerd quando ele completou 80 anos, ou seja, em 1974, mas não tem maiores descrições sobre o entrevistador. Nessa segunda parte ele fala da idéia do coração como centro religioso do ser humano, mais uma vez sob a influência do Kuyper e o livro que este escreveu com meditações sobre o dia de pentecostes. lembrando que essas são entrevistas para a televisão, e Dooyeweerd falou em linguagem bem acessível, para a compreensão do povo, tentei manter essa idéia na legenda.


PS. De acordo com o site da filosofia reformacional estes videos são para download, eu só criei a legenda para facilitar o acesso àqueles que não falam o holandês.
http://www.aspecten.org/index.php?structure_id=2bbef2e73e380e9560b34af5cccd3b2e  

10 de fev de 2012

A Glória do Evangelho - João Calvino



Se quiserem mais informações sobre Calvino e ler um pouco da sua obra, entrem aqui

Os videos foram produzidos pelo Rev. Josemar Bessa, (confira o site dele aqui) e são publicados aqui com permissão.

31 de jan de 2012

Converte-me e serei Convertido - João Calvino



Excelente video, no qual ouvimos as palavras do reformador a respeito da conversão. 


Os videos foram produzidos pelo Rev. Josemar Bessa, (confira o site dele aqui) e são publicados aqui com permissão.

17 de jan de 2012

Eleição e Predestinação - João Calvino



Mais um video do João Calvino. Nesse video o reformador fala de questões como eleição e predestinação.

Os videos foram produzidos pelo Rev. Josemar Bessa, (confira o site dele aqui) e são publicados aqui com permissão.

8 de jan de 2012

As Institutas em Video - Cápitulo III

Mais um video contendo um trecho das Institutas de João Calvino. Vale a pena assistir!


João Calvino – Síntese Biográfica
Alderi Souza de Matos

  • João Calvino nasceu em Noyon, nordeste da França, no dia 10 de julho de 1509. Seu pai, Gérard Calvin, era advogado dos religiosos e secretário do bispo local. Aos 12 anos, Calvino recebeu um benefício eclesiástico cuja renda serviu-lhe de bolsa de estudos.
Em 1523, foi residir em Paris, onde estudou latim e humanidades (Collège de la Marche) e teologia (Collège de Montaigu). Em 1528, iniciou seus estudos jurídicos, primeiro em Orléans e depois em Bourges, onde também estudou grego com o erudito luterano Melchior Wolmar. Com a morte do pai em 1531, retornou a Paris e dedicou-se ao seu interesse predileto – a literatura clássica. No ano seguinte publicou um comentário sobre o tratado de Sêneca De Clementia.
  • Calvino converteu-se à fé evangélica por volta de 1533, provavelmente sob a influência do seu primo Robert Olivétan. No final daquele ano, teve de fugir de Paris sob acusação de ser o co-autor de um discurso simpático aos protestantes, proferido por Nicholas Cop, o reitor da universidade. No ano seguinte, voltou a Noyon e renunciou ao benefício eclesiástico. Escreveu o prefácio do Novo Testamento traduzido para o francês por Olivétan (1535).
  • Em 1536 veio a lume primeira edição da sua grande obra, As Institutas ou Tratado da Religião Cristã, introduzidas por uma carta ao rei Francisco I da França contendo um apelo em favor dos evangélicos perseguidos. Alguns meses mais tarde, o reformador suíço Guilherme Farel o convenceu a ajudá-lo na cidade de Genebra, que acabara de abraçar a Reforma. Logo, os dois líderes entraram em conflito com as autoridades civis sobre questões eclesiásticas, sendo expulsos em 1538.
  • Calvino foi para Estrasburgo, onde residia o reformador Martin Bucer. Atuou como pastor, professor, participante de conferências e escritor. Produziu uma nova edição das Institutas (1539), o Comentário da Epístola aos Romanos, a Resposta a Sadoleto (uma apologia da fé reformada) e outras obras. Casou-se com a viúva Idelette de Bure (falecida em 1549).
  • Em 1541, Calvino retornou a Genebra por insistência dos governantes da cidade. Assumiu o pastorado da igreja reformada e escreveu para a mesma as célebres Ordenanças Eclesiásticas. Por catorze anos, enfrentou grandes lutas com as autoridades civis e algumas famílias influentes (os "libertinos"). Apesar de estar constantemente enfermo, desenvolveu intensa atividade como pastor, pregador, administrador, professor e escritor. Produziu comentários sobre quase toda a Bíblia.
  • Em 1555, os partidários de Calvino finalmente derrotaram os "libertinos." Os conselhos municipais passaram a ser constituídos de homens que o apoiavam. A Academia de Genebra, embrião da futura universidade, foi inaugurada em 1559. Nesse mesmo ano, Calvino publicou a última edição das Institutas. O reformador faleceu aos 55 anos em 27 de maio de 1564.




Os videos foram produzidos pelo Rev. Josemar Bessa, (confira o site dele aqui) e são publicados aqui com permissão.